JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Produção de Textos com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Lei de Meia-entrada
Eventos - (14/05/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

Caso Eliza: Marcos Aparecido é condenado

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

Marcos Aparecido dos Santos, acusado de ter executado a ex-modelo Eliza Samudio, foi considerado culpado pelos jurados que participaram de seu julgamento. Os quatro homens e três mulheres que compuseram o Conselho de Sentença chegaram a essa conclusão após seis dias de trabalhos. Às 22h43 de hoje, 27 de abril, a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues iniciou a leitura da sentença. O réu foi condenado a 22 anos de reclusão, em regime fechado, pelos crimes de homicídio duplamente qualificado (com emprego de meio cruel e sem permitir a defesa da vítima) e por ocultação de cadáver.

 

Pelo crime de homicídio, a pena foi de 19 anos de reclusão. Pela ocultação de cadáver, a pena foi de três anos de reclusão. Durante a leitura da sentença, acompanhada de pé por quem estava no plenário, o réu ficou de olhos fechados e chorou.

 

Este foi o terceiro julgamento envolvendo acusados da morte de Eliza Samudio. Em novembro de 2012, Fernanda Gomes de Castro foi condenada a dois anos em regime aberto pelo sequestro e pelo cárcere privado de Eliza. Pelo sequestro e cárcere privado de Bruno Samudio, ela foi condenada a três anos em regime aberto. Já Luiz Henrique Ferreira Romão foi condenado a 15 anos (12 anos em regime fechado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza e a três anos em regime aberto pelo sequestro e cárcere privado do bebê).

 

Em março de 2013, Bruno Fernandes das Dores de Souza e Dayanne Rodrigues do Carmo Souza foram julgados. Dayanne foi absolvida do crime de sequestro da criança. Já Bruno foi condenado a 22 anos e três meses pelo homicídio triplamente qualificado e pela ocultação do cadáver de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado de Bruno Samudio. O goleiro deve cumprir as penas em regime inicialmente fechado.


Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados