JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 É Bom Saber...

Direito Civil

O desaparecido e a sucessão de bens

Se uma pessoa desaparece, sem deixar notícias de seu paradeiro, o cônjuge, herdeiros e o Ministério Público podem pedir ao juiz a declaração da ausência do desaparecido para que haja a sucessão dos bens. Declarado ausente, haverá o levantamento e administração dos bens deixados. Posteriormente abre-se a sucessão provisória, na qual será feita partilha e os bens serão provisoriamente transferidos. Nesta fase, reaparecendo o ausente, terá de volta seus bens ou será devidamente indenizado caso não puderem mais ser devolvidos. Como ato final tem-se a sucessão definitiva, e os bens partilhados são adquiridos de forma definitiva. Todavia a lei ainda resguarda o direito do ausente, pois, reaparecendo, ainda terá direito a reaver seus bens no estado que se encontrarem.

Fonte: Código Civil de 2002, Livro I, Capítulo I, Art. 22 e seguintes.
Informação de utilidade pública assinada pela advogada Sabrina Rodrigues, consultora jurídica do projeto JurisWay.

Importante:
1 - Todas as informações podem ser citadas na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados