JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Novo CPC com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
Avaliação
do curso:
512 internautas
Compartilhe este curso com seus amigos:

Facebook:


Twitter:


Google+ (Plus):


Alguns Comentários
10
10/05/2010
23:30:29
otimo curso

5
04/06/2012
18:36:57
É um curso para iniciantes, eu optei por lê-lo achando que teria uma visão do responsabilidade civil no processo, algo mais efetivo.

10
16/04/2011
11:12:28
Esclarecedor o curso, com posições atuais que suscitam as facetas reais e sérias do dano moral nas relações familiares.
Mais uma vez parabéns ao JurisWay pela escolha dos profissionais que abordam os temas com brilhante maestria.
Patricia Almeida

9
01/08/2010
13:29:46
Este curso, e os demais, são muito bons para que leigos em matéria de Direito possa adquirir conhecimento a respeito do assunto.

9
05/09/2009
20:24:25
Interessante e atual o tema abordado.
Conheço casos de divorciados que, mesmo transcorridos anos do divórcio, ainda provocam perseguições e constrangimentos ilegais ao (a) ex. A meu ver, smj, é bem razoável, igualmente buscar indenização.

10
09/12/2012
16:08:18
gostei das informações

9
12/08/2011
21:12:17
Muito bom

10
15/11/2012
09:43:24
Contéudo muito bom, porém deveria apenas ser eclarecido neste ponto o seguinte: com a emenda constitucional ( 66 2010) basicamente se extinguiu o status da separação, sobrevivendo apenas o divórcio, entretanto as pessoas separadas atnteriormente a lei continuam com o status separadas judicialmente e não divorciadas. Para que elas possam contrair novo matrimônio terão que entrar com o processo judicial de conversão de separação em divórcio e obedecer aos requisitos dessa ação. É muito discutido ainda este assunto, o nosso Tribunal (Santa Catarina), ainda adota casos de separação, também adota essa posição o tribunal do Espiríto Santo, porém é uma corrente minoritária. Cabe ressaltar também, que no processo anterior de separação judicial, na audiência se buscava um culpado para o término da sociedade conjugal, (art 1573 cc 2002) que o mesmo teria que pagar indenização para o outro e inclusive alimentos. Porém agora, esta culpa não é mais discutida no processo de divórcio. O interessado terá que entrar com outra ação para discutir a culpa e uma possível indenização. Como sugestão indico o livro da Maria Berenice dias, as idéias são ótimas e já vi muitas jurisprudências citando o nome dela ou algum trecho de sua obra. O título é Manual de Direito da Família. Muito obrigada!

 Cursos Gratuitos Online JurisWay
Você está acessando o JurisWay como visitante.

Se quiser, identifique-se acima com email e senha
para salvar este curso em seu histórico.

Saiba quando um rompimento de relação conjugal pode justificar o ajuizamento de uma ação de indenização por danos morais. Saiba também as conseqüências de determinadas posturas típicas que ocasionam separação.



Veja também
outros cursos de
Responsabilidade Civil

» Seguro Obrigatório - DPVAT
» O valor do dano moral
» Responsabilidade Civil por furto de veículos em estacionamento de shopping
» Saiba mais sobre a Ação de Indenização
» Responsabilidade Civil por Acidente Automobilístico
» Responsabilidade Civil por Erro Médico
» Indicações básicas sobre a responsabilidade civil
» A teoria da perda de uma chance
» Responsabilidade Civil - Análise do art. 932 do Código Civil
» A responsabilidade civil do Estado
» A responsabilidade civil e a responsabilidade penal
» Considerações sobre a responsabilidade civil por injusta inscrição de informações/ nomes em Órgãos de Proteção ao Crédito
» Indenização por extravio de bagagem
» Responsabilidade civil pelo fato do animal

Veja também:

» Cursos Jurídicos

» Cursos de Português

» Cursos de Desenvolvimento Pessoal

Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados