JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor

Últimos artigos

Procon-SP autuou 30 empresas durante a Operação Inverno
19/07/2012

PF prende 26 em operação para reprimir garimpo ilegal em Roraima
19/07/2012

Aprovado projeto sobre esclarecimento ao consumidor quanto ao padrão digital
19/07/2012

Governo prorroga licenciamento compulsório das patentes do antirretroviral Efavirenz
19/07/2012

Saiba o que levar em consideração ao visitar um feirão de imóveis
19/07/2012

Veja as dicas do Procon de como planejar um casamento
19/07/2012

Ipem-SP reprova 33% dos cronotacógrafos fiscalizados em rodovias e empresas no primeiro quadrimestre
19/07/2012

Programa no Rio Grande do Sul ensina a cuidar de nascentes e reservatórios de água
19/07/2012

Governo quer mudar regras de portabilidade bancária
19/07/2012

Yamaha faz recall de veículos aquáticos
19/07/2012

Mais artigos...

 

Férias escolares: nas viagens e passeios, evite o descontrole financeiro

Fonte: Estadão Notícias 17/7/2012

Texto enviado ao JurisWay em 17/07/2012.

indique está página a um amigo Indique aos amigos



SÃO PAULO - Em época de férias os filhos ficam mais tempo em casa, o que normalmente pressiona o orçamento doméstico. Além de desembolsarem mais nesse período, muitos pais se atrapalham nas viagens e nos passeios, e, muitas vezes, entram desnecessariamente no vermelho. Para evitar o descontrole financeiro, vale a pena seguir algumas dicas e tomar alguns cuidados básicos.

Para começar, o consultor financeiro, Álvaro Modernell, explica que não há problemas em gastar mais - do que normalmente se gasta - no período de férias. “O problema é gastar o dinheiro que a família não tem”, diz. Portanto, se as férias chegaram, a sugestão é rever o orçamento, aumentando, por exemplo, aquela parcela que você separa para gastar com as crianças.

Inclusive, é interessante estar ciente da inflação dos produtos mais consumidos pelos jovens nesse período. De acordo com estudo realizado pelo analista do IBRE/FGV, André Braz, os preços dos biscoitos, bombons e chocolates e dos sorvetes estão 3,54%, 3,23%, 8,10%, respectivamente, mais caros, comparando com o período de férias de 2011.

Seu estudo também indicou que quando os jovens estão em casa seu consumo adicional compromete, em média, 12% do orçamento. Pois bem. Nas férias, é importante rever o orçamento e considerar esse gasto adicional. Além disso, para os pais que possuem mais de um filho, vale a pena pensar em formas de entretê-los dentro de casa, evitando fazer muitos passeios.

Use a criatividade
Ao invés de ir ao cinema, por exemplo, por que não assistir um filme em casa, com a família e os amigos? Além disso, usando a criatividade há muitas formas de se divertir, mesmo em casa, e sem gastar muito.

A ideia é preencher o tempo com as crianças de forma envolvente, e, para isso, não é preciso - necessariamente - gastar muito dinheiro. Fazer trabalhos manuais e artesanais é uma opção para as crianças. Permitir que ela faça parte da confecção de um bolo, decorando e ajudando na cozinha, muitas vezes, é tão envolvente quanto sair para um parque de diversão, que exige diversos tipos de desembolsos, desde o estacionamento do carro, aos bilhetes de entrada e os lanches que precisarão ser comprados.

Durante as férias, claro que é interessante investir em passeios inesquecíveis com as crianças, mas não é preciso fazê-los com alta frequência, sobretudo, se o orçamento da família não permite. Outra dica muito importante: lembre-se que shopping não é lugar de passear, mas, sim, de consumir.

Não escolha, portanto, ir a um shopping para passear com sua família, principalmente, para levar os filhos. Tanto as crianças quando os pais estarão o tempo todo encarando itens para comprar. Então, melhor evitar essas tentações quando o objetivo for passear com a família.

E nas viagens
Tanto nas viagens quanto nos passeios, o principal erro dos pais é deixar de se planejar com bastante antecedência. Além disso, é importante não se render aos pedidos da criança. Em relação ao planejamento, é importante fazer o mais cedo possível, para conseguir preços mais baratos de passagens e hotéis. Ainda no planejamento, deve-se considerar as opções de lazer que são mais interessantes para crianças, ou seja, mais econômicas para esse público.

Um hotel fazenda, por exemplo, já tem embutido no preço uma série de distrações para os mais jovens. No próprio empreendimento as crianças se divertem. Diferentemente de ir a uma cidade, se hospedar em um hotel e ter que sair todos os dias, desembolsando com transporte e alimentação.

No caso de decidir fazer um passeio com os filhos, os pais devem ter consciência de que se por um lado os pequenos gastos com brinquedos, lanches, com o balão e o aviãozinho, separadamente, não representam grande custo, sua somatória é o grande problema. “É importante ter essa percepção. De como os pequenos gastos comprometem o orçamento”, diz Modernell. Se for sair, pense em levar ao menos o lanche de casa.

Explicando as regras do jogo
Independente de ser em uma viagem ou em um passeio, lidar com os filhos pode ser algo bem difícil, sobretudo, no que diz respeito ao consumo. É ainda mais complicado para os pais que não sabem dizer não. Porém, se seu objetivo for se manter na linha, e não extrapolar no orçamento, é preciso deixar tudo bem claro com as crianças.

Modernell explica que antes de sair de casa, os pais devem sentar com os jovens e explicar as regras do jogo. Vocês vão sair para passear ou para fazer compras? Se for para passear, deixe claro que não estão ali para comprar ou gastar dinheiro.




Nossas notícias são retiradas na íntegra dos sites de nossos parceiros. Por esse motivo, não podemos alterar o conteúdo das mesmas até em casos de erros de digitação.
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados