Prova Concurso Público - MTE/BR - Auditor Fiscal do Trabalho - Dezembro/2003 - ESAF

Dificuldade Média
(30% a 60% de acertos)

Até agora, cerca de 43% acertaram esta questão.

561 pessoas responderam.

Raciocínio Lógico-Quantitativo


47ª Questão:

Investigando uma fraude bancária, um famoso detetive colheu evidências que o convenceram da verdade das seguintes afirmações:

1) Se Homero é culpado, então João é culpado.

2) Se Homero é inocente, então João ou Adolfo são culpados.

3) Se Adolfo é inocente, então João é inocente.

4) Se Adolfo é culpado, então Homero é culpado.

As evidências colhidas pelo famoso detetive indicam, portanto, que:

a) Homero, João e Adolfo são inocentes.

70 marcações (12%)
b) Homero, João e Adolfo são culpados.

241 marcações (43%)
c) Homero é culpado, mas João e Adolfo são inocentes.

89 marcações (16%)
d) Homero e João são inocentes, mas Adolfo é culpado.

79 marcações (14%)
e) Homero e Adolfo são culpados, mas João é inocente.

82 marcações (15%)


Lembre-se: Salvo disposição em contrário, as questões e o gabarito levam em consideração a legislação em vigor à época do edital desta prova, que foi aplicada em Dezembro/2003.