Prova Concurso Público - TRF/1ª REGIÃO - Analista judiciário - Área Judiciária - Março/2011 - FCC

Dificuldade Média
(30% a 60% de acertos)

Até agora, cerca de 37% acertaram esta questão.

1.550 pessoas responderam.

Língua Portuguesa

Anexo para as questões 9 a 13

Atenção: Para responder às questões de números 9 a 13, considere o texto abaixo.



(Conferência pronunciada por Joaquim Nabuco a 28 de agosto de 1908 na Universidade de Chicago. Essencial Joaquim Nabuco. Organização e introdução de Evaldo Cabral de Mello. São Paulo: Penguin Classics, Companhia das Letras, 2010, p. 548)


Exibir/Ocultar texto completo deste anexo.


13ª Questão:

Sobre o que se tem no texto, afirma-se com correção:

a) (linha 11) O segmento qualquer outro fator é legitimado pelo padrão culto escrito, como também o é a seguinte estrutura: “quaisquer que seja os fatores”.

155 marcações (10%)
b) (linha 7) O emprego de própria torna mais decisivo o argumento a favor do auxílio prestado pela ciência.

567 marcações (37%)
c) (linhas 8 e 9) Em de que não podemos ainda fazer ideia, o termo destacado equivale a “ao menos”, tal como se nota em “Ainda se aceitassem me receber, poderia justificar-me”.

205 marcações (13%)
d) (linha 9) É aceitável o entendimento de que Aumentando equivale a “Se aumentassem”.

265 marcações (17%)
e) (linhas 9 e 10) Em de compreender-lhes as várias linguagens, o pronome remete a homens capazes.

358 marcações (23%)


Lembre-se: Salvo disposição em contrário, as questões e o gabarito levam em consideração a legislação em vigor à época do edital desta prova, que foi aplicada em Março/2011.