Prova Concurso Público - TJ/SE - Analista Judiciário - Área Direito - 2004 - TJ

Questão Fácil
(acima de 60% de acertos)

Até agora, 74% acertaram esta questão.

486 pessoas responderam.

Língua Portuguesa

Anexo para as questões 11 a 14




Exibir/Ocultar texto completo deste anexo.


12ª Questão:

De acordo com a leitura completa do fragmento de texto acima, é correto afirmar que:

a) as expressões “trincheira” (linha 3), “tiroteio” (linha 4), “linha de tiro” (linha 14) e “bombardeada” (linha 30) foram utilizadas no sentido figurado e servem para ilustrar os conflitos e críticas sofridos pelo governo.

359 marcações (74%)
b) a omissão das vírgulas nas linhas 4 e 5 não teria implicação semântica no parágrafo ou no texto como um todo, já que o pronome relativo “que” refere-se a um termo no singular.

32 marcações (7%)
c) nas linhas de 17 a 21, a forma verbal “indiquem” flexionou-se no plural porque deve concordar com o substantivo “ministros”, de acordo com a regra geral de concordância verbal.

35 marcações (7%)
d) na linha 38, o pronome pessoal oblíquo “o” refere- se a “governo Lula” (linhas 37/38), que também se relaciona diretamente à expressão “chapa-branca”.

35 marcações (7%)
e) nas linhas 58/59, a flexão do verbo “ser”, no imperfeito do subjuntivo, poderia ser alterada, sem prejuízo semântico para o texto como um todo, para a forma de presente do subjuntivo, “seja”.

25 marcações (5%)


Lembre-se: Salvo disposição em contrário, as questões e o gabarito levam em consideração a legislação em vigor à época do edital desta prova, que foi aplicada em 2004.