Prova Concurso Público - TJ/RJ - Analista judiciário - Área Judiciária - Abril/2008 - CESPE - UnB

Dificuldade Média
(30% a 60% de acertos)

Até agora, cerca de 38% acertaram esta questão.

329 pessoas responderam.

Língua Portuguesa

Anexo para as questões 22 a 24

Anexo para as questões 24 a 28


Exibir/Ocultar texto completo deste anexo.


24ª Questão:

Cada uma das opções abaixo reproduz trechos dos textos I e II, respectivamente. Assinale a opção em que os trechos apresentados evidenciam que um texto é, explicitamente, o intertexto do outro.

a) ‘É preciso ressaltar que, através dos tempos, as pessoas reduziram Machado de Assis ao classificá-lo com um rótulo de irônico muito restrito’ (L.1-3) “Um escritor que nunca se furtou ao corpo-a-corpo com seus leitores, colaborando com jornais e revistas, participando ativamente dos círculos literários” (L.21-

34 marcações (10%)
b) ‘Sua ironia é algo maior, não se trata apenas de um jogo de palavras, de uma troca inteligente de colocações em um diálogo, por exemplo’ (L.3-5) “Fino ironista que, do alto de sua torre de marfim, expedia escritos em linguagem levemente arcaizante e estrangeirada” (L.12-14)

70 marcações (21%)
c) ‘Sua ironia está na atmosfera na qual seus personagens e o próprio autor se movem’ (L.5-7) “Um grande poeta, homem de teatro e crítico, que também se dedicou à crônica, ao conto e ao romance, mantendo em seus escritos uma postura indiferente às grandes questões do seu tempo” (L.8-12)

33 marcações (10%)
d) ‘Machado pode ser considerado, no contexto histórico em que surgiu, um espanto e um milagre’ (L.8-9) “uma pequena multidão de críticos procurou entender esse fenômeno improvável no acanhado ambiente literário e cultural do Brasil — tão improvável que até os mais materialistas falaram em milagre” (L.29-32)

125 marcações (38%)
e) “Foi assim que o mais importante crítico literário do mundo, o norte-americano Harold Bloom, 77, classificou Machado de Assis quando elencou, em Gênio — Os 100 Autores Mais Criativos da História da Literatura (Ed. Objetiva, 2002), os melhores escritores do mundo segundo seus critérios e gosto particular” (L.12-17) “Embora ocupe lugar central e mais ou menos indisputado na história da literatura produzida no Brasil” (L.3-5)

67 marcações (20%)


Lembre-se: Salvo disposição em contrário, as questões e o gabarito levam em consideração a legislação em vigor à época do edital desta prova, que foi aplicada em Abril/2008.