JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Servidor Público na Lei 8.112 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Lei de Meia-entrada
Eventos - (14/05/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

Engenheiro diz que substituição do amianto vai aumentar o preço da telha

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

Achamos que o preço do telhado vai subir um pouquinho, pois não é factível banir o amianto amanhã, sem que isso cause um aumento no preço das telhas, disse, nesta sexta-feira (31), o engenheiro civil Vanderley John, doutor em Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo (1995). Ele integra um grupo de pesquisadores que, há 20 anos, trabalha com tecnologias de fibrocimento. E a razão principal, segundo ele, está no fato de que o PVA, principal matéria-prima para substituir o amianto, somente é produzido na China e no Japão, e em quantidade insuficiente para abastecer o mercado mundial.

As afirmações foram feitas durante audiência pública promovida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para debater a utilização de produtos que tenham o amianto em sua composição. Segundo John, a produção mundial de PVA é de 70 mil toneladas, quando somente a demanda brasileira é de 30 mil a 40 mil toneladas.

Em vista dessa e de outras dificuldades, ele sugeriu um período de adaptação. A transição precisa ser planejada, precisa de apoio às empresas e trabalhadores do setor, afirmou. Dá para substituir (o amianto). A durabilidade cai um pouco, mas o processo exige novas fábricas - e fora do Brasil para  fazer o PVA, pois não existe matéria-prima para PVA no Brasil.

Dificuldades

Entre as dificuldades encontradas para substituição do amianto, John relacionou a necessidade de desenvolvimento de novas trecnologias, mudança de instalações e maquinário, lentificação do processo de produção, aumento do custro da energia, necessidade de treinamento de mão de obra e, também, a qualidade do cimento produzido no Brasil. Isso porque as indústrias do setor introduziram mudanças na sua produção para efeito de redução da emissão de gás carbônico (CO2) na atmosfera.

Dentre as dificuldades por ele relatadas está, também, uma que o grupo de pesquisa por ele integrado ainda não conseguiu superar: a apresentação de fissuras nas bordas das telhas sem amianto em sua composição, problema que, segundo ele, foi agravado com a mudança na qualidade do cimento. De acordo com John, a fissura não provoca nenhum vazamento nos telhados. Mas esbarra na resistência do consumidor, que acha que se trata de telha defeituosa e, portanto, não a compra.

Outro problema, segundo ele de menor gravidade, é que a nova telha, sem amianto, tem durabilidade menor - em torno de 20 anos, quando a que tem amianto em sua composição dura mais do que isso. Na composição antiga, na verdade, quase 90% eram representados por cimento e 10%, por amianto. Na nova composição, entretanto, segundo John, a participação do cimento está menor.

FK/EH

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados