JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Benefícios Previdenciários com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Lei de Meia-entrada
Eventos - (14/05/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

Tut Transportes deve pagar pensão alimentícia a órfão

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

As empresas Tut Transportes Ltda e Satélite Ltda devem pagar um salário mínimo e meio mensal cada uma, a título de antecipação de tutela, a um garoto que perdeu a mãe e um tio em um acidente ocorrido em janeiro do ano passado. O acidente foi provocado por um ônibus que operava para a Satélite mas pertencia à Tut Transportes. A decisão unânime é da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que negou recurso de embargos de declaração à Tut Transportes contra acórdão proferido no recurso de agravo de instrumento nº. 16.326/2007. O TJMT entendeu que não merece reforma a decisão que antecipa tutela quando estão presentes os elementos aptos a demonstrar, para o magistrado, a verossimilhança das alegações dos fatos.   

            A Tut Transportes alegou que a decisão foi omissa porque não manifestou de forma clara a necessidade da antecipação de tutela. Segundo a Tut Transportes, há necessidade de instrução probatória a fim de averiguar a existência de culpa da empresa.

 

            No entanto, para o relator do recurso de embargos de declaração, desembargador Guiomar Teodoro Borges, os argumentos postos no acórdão não deixam dúvidas quanto à necessidade da antecipação de tutela, que visa garantir os alimentos do menor até o julgamento do mérito da ação.

 

            Além disso, as empresas não apresentaram, no recurso, a existência de contrato de arrendamento do ônibus, o que mantém a responsabilidade da Tut Transportes no acidente provocado pelo veículo de sua propriedade. 

 

O ACIDENTE - Segundo a perícia realizada à época do acidente, a causa determinante do acidente foi o desvio de direção do ônibus, que invadiu a faixa contrária, o que resultou na colisão com a caminhonete na qual trafegavam a mãe e um tio do menor.

 

            O acidente ocorreu em 24 de janeiro de 2006, na BR-163, próximo ao município de Sorriso. Os parentes do menor retornavam de Cuiabá para Sinop. Apesar de estarem usando cinto de segurança, eles sofreram fraturas múltiplas e morreram no local.

 

O PROCESSO NA 1ª INSTÂNCIA - A ação de reparação de danos morais e materiais (processo 420/2006) tramita na 4ª Vara Cível da Capital. O autor da ação é o menor W.V.O., representado por um tio. Constam como réus as empresas Tut Transportes Ltda e Transportes Satélite Ltda.

 

            Em outubro do ano passado, a juíza Rita Soraya Tolentino determinou, em decisão interlocutória, o pagamento de alimentos provisionais ao menor. A tutela antecipada pode ser concedida tanto no inicio da lide quanto no curso do processo (não é decisão de mérito).

 

            As empresas devem depositar o valor de um salário mínimo e meio até o dia 10 de cada mês. As empresas também serão obrigadas a pagar as demais despesas decorrentes da necessidade do menor, como tratamento médico.

 

            O tio do menor requereu pagamento de pensão alimentícia no valor de R$ 1,637 mil além de indenização por danos morais no valor de R$ 350 mil .

 

OS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - Os embargos de declaração são utilizados quando há necessidade de dissipar alguma contradição ou obscuridade, ou quando é necessário sanar omissão que por ventura possa existir na decisão judicial. Quando se verifica a ausência destes quesitos, como registrado neste caso, impõe-se o improvimento dos embargos.

 

Mariane de Oliveira

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados