JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Benefícios Previdenciários com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Lei de Meia-entrada
Eventos - (14/05/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

Suposto membro de quadrilha que roubava tratores no Paraná permanecerá preso

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, negou liminar em habeas-corpus a suposto integrante de uma quadrilha especializada em roubos de tratores e outras máquinas agrícolas na região de Londrina (PR).

No último dia 22 de fevereiro, uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil efetuou nove prisões. Na operação também foram apreendidos armas e veículos. Além dos roubos de máquinas, a quadrilha também teria assaltado diversas propriedades rurais em cidades paranaenses de Centenários do Sul, Florestópolis e outras e também na cidade paulista Presidente Prudente.

Segundo informações divulgadas pela Agência Estadual de Notícias, do governo paranaense, a quadrilha fazia um levantamento do local antes do ataque. Depois, durante a noite, rendia os moradores e empregados e os deixavam como reféns enquanto alguns membros do bando encaminhavam os tratores e outros valores para São Paulo.

A defesa de RPC entrou com o habeas-corpus contra decisão da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná, alegando que o réu teria todos os requisitos necessários para a concessão da liberdade provisória.

O ministro Barros Monteiro entendeu que não haveria constrangimento ilegal na prisão do acusado e que a fundamentação do TJ do Paraná seria suficiente para mantê-lo encarcerado. Com essa fundamentação, o ministro negou a liminar. O mérito do habeas-corpus será apreciado pela Quinta Turma, após o caso voltar do Ministério Público Federal com parecer. O relator é o ministro Felix Fischer.

Autor(a):Fabrício Azevedo                                                                                                        Processo: HC 86557

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados