JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Produção de Textos com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Curiosidades da Internet
 

Eu desejo...

Hoje é sexta-feira,

e eu tenho alguns desejos pra você....

"Desejo primeiro que você ame, e que amando, também seja amado. 
E que se não for, seja breve
em esquecer.
E
que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo também que tenha amigos, que mesmo maus e inconseqüentes,
sejam corajosos e fiéis, e que pelo menos num deles você possa confiar sem duvidar. 
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes,
você se interpele a respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil, mas não insubstituível.
E que nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e
irremediavelmente, e que fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais, e que sendo maduro, não insista em rejuvenescer e que sendo velho, não se dedique ao
desespero.
Porque cada idade tem o seu encanto.
Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo ainda que você afague um gato, alimente um cuco e ouça o joão-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático e que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga "isso é meu", só para que fique bem claro quem é o dono de quem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você, mas que se morrer, você possa chorarsem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem, tenha uma boa mulher, e que sendo mulher, tenha um bom homem e que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, e quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda haja amor para recomeçar.


E se tudo isso acontecer,
não tenho mais nada a te desejar

Autor Desconhecido

 

 

 

.
Esta seção do JurisWay é composta por textos cuidadosamente selecionados dentre tantos largamente difundidos pela internet de autores desconhecidos, conhecimento popular ou domínio público. Entretanto, se você tem razões para acreditar que seus direitos autorais foram violados, entre em contato com o JurisWay informando:
1. Uma descrição do trabalho protegido por direitos autorais;
2. Endereço (URL) da página onde está ocorrendo essa violação de direitos autorais;
3. Seu nome completo, endereço, telefone e e-mail;
4. Uma declaração sua de que você age de boa fé e que acredita que seu material foi usado de forma indevida de acordo com as leis de diretos autorias e que você é o dono do material utilizado ou está legalmente autorizado a agir em nome dele;
5. Uma declaração sua de que todas as informações fornecidas estão corretas.

indique esta página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados