JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Bali Automóveis deve indenizar em R$ 35 mil vendedor que sofreu assédio moral
TRT - 10ª Região - DF - (23/10/2014)

Dívida trabalhista pode ser protestada em cartório e registrada no SPC e na Serasa
TRT - 9ª Região - PR - (23/10/2014)

Pai que engravidou a filha sete vezes é condenado em Riachão
TJ-MA - (23/10/2014)

Dono de cachorro deverá indenizar vítima de ataque
TJ-MS - (23/10/2014)

Segurada da Unimed tem de pagar mensalidades do período de carência para fazer cirurgia
TJ-GO - (23/10/2014)

Empresa é condenada por enviar faturas após portabilidade
TJ-MG - (23/10/2014)

Fabricante e fornecedor são condenados por defeitos em veículo
TJ-MG - (23/10/2014)

Estelionatário que vendeu ingressos falsos para Copa do Mundo tem habeas corpus negado
TJ-CE - (23/10/2014)

Mais notícias do dia...

TJ RO concede Habeas Corpus preventivo a depositário infiel

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

O Juiz Valdecir Castellar Citon, convocado para compor a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, em substituição a desembargadora Zelite Andrade Carneiro, que se encontra de férias, concedeu um Habeas Corpus, com pedido de liminar, a Braulino Zampieri que estava na iminência de ser preso por depositário infiel.

O HC preventivo é um instrumento jurídico utilizado em situações que representam ameaça ao direito de ir e vir do cidadão, direito garantido pela constituição federal.

A defesa alegou que a prisão civil do depositário infiel foi considerada ilegal pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e, mesmo tendo o Juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Rolim de Moura reconhecido a ilegalidade da prisão de depositário, não a revogou.

De acordo com o relator do HC, Valdecir Castellar Citon, Braulino Zampieri foi declarado depositário infiel pois não teria efetuado a entrega dos bens penhorados, bem como não apresentou comprovantes fiscais dos mesmos. No caso em questão, já existe entendimento jurisprudencial do STF, dizendo ser incabível a prisão civil do depositário infiel, disse o magistrado.

Assessoria de Comunicação Institucional - TJ RO

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
 
Copyright (c) 2006-2014. JurisWay - Todos os direitos reservados